sábado, 29 de julho de 2017

Conselho Superior do MP aprova reajuste de 16% para procuradores

O Conselho Superior do Ministério Público Federal aprovou nesta terça-feira (25) a inclusão no orçamento de 2018 do órgão um reajuste de 16% para todos os procuradores do MPF.

A proposta de inclusão partiu da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e foi acolhida pelo plenário do conselho.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

PJe em Óbidos

O Comitê ​Regional ​do ​PJe do TRT8, definiu o dia 16 de agosto para a implementação do PJe na VT de Óbidos.

Os prazos judiciais na vara trabalhista estão suspensos ​no período de 31 de julho a 04 de agosto, ​e as audiências marcadas para o período foram transferidas, em caráter excepcional.

Os servidores da Vara Trabalhista de Óbidos serão capacitados para a utilização do sistema, nos dias 31 de julho a 04 de agosto em cursos promovidos pela ECAISS,  a fim de possibilitar a capacitação de todos os servidores, que será realizado na própria vara. 

A Justiça do Trabalho é responsável por quase 80% dos processos eletrônicos do país​,​ e já utiliza ​o PJe em todos os seus 24 Tribunais. No TRT da 8ª região, 89% das Varas Trabalhista já têm o sistema do PJe em funcionamento.​ Até o mês de outubro, todas as Varas ​estarão funcionando com o sistema, completando sua instalação em todas as unidades da Justiça do Trabalho brasileira atuando de forma eletrônica.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

TRT8 lança cineclube em parceria com o curso de Cinema e Audiovisual da UFPa

O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (Pará e Amapá), lança nesta terça-feira (13), dentro da programação da 2ª Semana Nacional de Aprendizagem, o Cineclube TRT8/UFPA. Desenvolvido em parceria com o curso de Cinema e Audiovisual, da Universidade Federal do Pará, o Cineclube é um projeto de extensão do curso de Cinema, coordenado pela professora mestre Angela Gomes, do curso de Cinema e Audiovisual da UFPA, e a execução é uma parceria com a Comissão de Erradicação do Trabalho Infantil e Incentivo à Aprendizagem, do TRT 8a Região, coordenada pela desembargadora Maria Zuíla Dutra e pela juíza Vanilza Malcher.

Inicialmente, o projeto tem como público-alvo os dois mil estudantes, de 14 a 21 anos, alunos de escolas públicas de Belém e Região Metropolitana, participantes do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil e Incentivo à Aprendizagem, executado pela Comissão do TRT8. Servidores de ambas instituições também podem participar. A sessão de abertura é com o filme Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert, às 8h30, no auditório da sede do TRT, na Praça Brasil, em Belém. 

O objetivo do cineclube é contribuir para a formação da visão crítica sobre a sociedade, além de ser mais um espaço de exercício da prática cineclubista, importante na formação de público e plateia para o cinema nacional e a arte cinematográfica em si.  De acordo com dados apresentados pelo do TRT, no Pará existem cerca de 168.000 crianças e adolescentes trabalhando em condições desfavoráveis à sua formação e desenvolvimento pleno, e neste sentido, “o cinema tem o potencial e a capacidade de informar, refletir, questionar, compartilhar visões de mundo, instigar a reflexão e análise crítica de questões da atualidade. Tudo isso contribui para a formação da visão do indivíduo, tornando-o mais consciente e crítico sobre seu meio, a sua realidade”, afirma a professora Angela Gomes, coordenadora do projeto.

Para a magistrada Vanilza Malcher, esta é mais uma parceria que vem somar esforços para ampliar a plena formação dos jovens participantes do programa. "Nossa atuação busca o pleno desenvolvimento dos jovens que estão inseridos nas atividades desenvolvidas pela Comissão e pelos voluntários que atuam conosco".

Com uma programação variada, após o lançamento, as atividades do cineclube ocorrerão uma vez ao mês, aberta à participação de magistrados e servidores, que serão informados previamente, por comunicação na intranet.

Temáticas - O foco do cineclube são os filmes brasileiros, incluindo os paraenses, cuja temática se relacionem a Direitos Humanos, Cidadania e Justiça, entre outros temas. A maior parte dos filmes a serem exibidos fazem parte do acervo do curso de Cinema e Audiovisual, adquiridos junto à Agencia Nacional de Cinema (ANCINE), a Programadora Brasil do Ministério da Cultura, além de doações dos próprios cineastas. O crítico de cinema e presidente da Associação de Críticos de Cinema Paraense, Marco Antônio Moreira, é convidado para participar do debate desta primeira sessão.



Que Horas Ela Volta? – O filme da cineasta Anna Muylaert foi escolhido para o lançamento do cineclube por tratar de várias questões que envolvem o trabalho doméstico no Brasil. Conta a história de Val (Regina Cazé) que, depois de deixar a filha no interior de Pernambuco, passa 13 anos como babá em uma família de classe média, em São Paulo. Ela recebe um telefonema da filha, Jéssica, que quer apoio para vir à capital para prestar vestibular. A vinda da filha é apoiada pelos patrões, porém a personalidade autêntica dela torna a convivência difícil. No meio deles, dividida entre a sala e a cozinha, Val terá que achar um novo modo de vida.

Serviço:
Lançamento Cineclube TRT8 / UFPA
Data: 13/06/2017
Horário: 8h30
Local: TRT8 - Auditório Aloysio da Costa Chaves, Trav. D. Pedro I, 746 – Praça Brasil – Umarizal

Texto: Divulgação UFPA / ASCOM8

sábado, 15 de abril de 2017

LATAM inicia processo de terceirização de Call Center e faz demissão em massa

Por Victor Bazilio




Uma das medidas iniciais é a terceirização do atendimento telefônico aos clientes, que começa ser atualizado a partir de amanhã, onde grande parte dos setores que atuavam na Rua Augusta – Fale com a Gente, Remarcação e Call Center passam a ser de responsabilidade de empresa terceirizada de atendimento a clientes, o que gerou grande número de demissões na data de hoje.

Além disto, tivemos informações que agentes de aeroportos também passarão a ser terceirizados, assim como já ocorre nas bases de Johannesburgo, e, recentemente, Miami, como testes.

Eu mesmo, Victor, já tive a experiência de ser atendido por terceirizado do Check In ao Embarque em Johannesburgo, em dezembro, onde o atendimento fica muito aquém ao desejado.

Esperamos que seja um fato pontual e não corriqueiro, assim como desejamos a todos boa sorte em futuros atendimentos telefônicos da companhia.

As eventuais atualizações serão postadas neste mesmo artigo.